Werder Bremen suspende Carlos Alberto por briga em treino

Meia brasileiro troca tapas com o atacante Boubacar Sanogo e ambos não jogam neste sábado pelo Alemão

Reuters

22 de novembro de 2007 | 19h00

O Werder Bremen anunciou nesta quinta-feira uma suspensão por três dias do jogador marfinense Boubacar Sanogo e do brasileiro Carlos Alberto por causa de uma briga durante um treino. Eles foram mandados para o vestiário pelo técnico Thomas Schaaf por causa de uma "altercação que se tornou violenta", segundo o site do clube, e por isso não enfrentam o Energie Cottbus neste sábado. "Os jogadores devem ser exemplos. Quem age assim vai enfrentar as consequências. Estamos dando esse passo apesar de estarmos desfalcados por lesões. Não vamos aceitar esse tipo de comportamento", disse a diretoria do clube no site. Ambos os jogadores serão submetidos a um programa especial de corridas até domingo. O artilheiro Sanogo acaba de voltar de uma contusão que o deixou três semanas afastado. Não é a primeira vez que Carlos Alberto se desentende com um companheiro de equipe. Durante sua passagem pelo Corinthians, o meia brigou com o argentino Carlitos Tevez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.