David Hecker/EFE
David Hecker/EFE

Werder Bremen vence, sai da zona de rebaixamento do Alemão e afunda o Hamburgo

Zagueiro Rick van Drongelen fez o único gol do jogo contra a própria meta

Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2018 | 17h18

Pressionado por ter voltado provisoriamente à zona de rebaixamento do Campeonato Alemão, o Werder Bremen fez o seu papel dentro de casa, no Weserstadion, em Bremen, e venceu o Hamburgo por 1 a 0 para deixar o grupo que cai à segunda divisão e empurrar o Mainz de volta para o seu lugar, em confronto válido pela 24.ª rodada da competição.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Alemão

+ Hertha Berlin segura ataque do Bayern e arranca empate por 0 a 0 fora de casa

Apesar de deixar a zona de rebaixamento, o Werder Bremen tem que ficar atento, já que é o 14.º com 26 pontos somados, apenas dois a mais que o Mainz, que abre o grupo dos três piores times, onde permanece o Hamburgo, afundado na vice-lanterna, com 17 pontos.

Se o ataque do Werder Bremen não funcionou, o time da casa contou com um gol contra para sair com os três pontos. O jovem zagueiro holandês Rick van Drongelen, na reta final da partida, aos 41 minutos, foi o responsável por mandar a bola contra o próprio gol.

O confronto dos desesperados entre Werder Bremen e Hamburgo foi o último do dia no Campeonato Alemão. Mais cedo, dentre os outros três jogos, destaque para o líder Bayern de Munique, que sofreu um pequeno percalço em seu caminho tranquilo rumo ao sexto título seguido do torneio ao empatar sem gols em casa, na Allianz Arena, em Munique, com o Hertha Berlim, interrompendo uma sequência de 10 vitórias no Alemão e 14 contando os jogos da Copa da Alemanha e da Liga dos Campeões da Europa.

A rodada continua neste domingo com mais duas partidas, envolvendo o quarto, quinto e sexto colocados. Em casa, o Bayer Leverkusen enfrenta o Schalke 04 e o RB Leipzig, diante de seu torcedor, tem um duelo teoricamente tranquilo contra o lanterna Colônia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.