Werder vence em casa e chega à vice-liderança do Alemão

Diego brilha na vitória sobre o Hertha, por 3 a 2; Bayern bate o Bochum, e Hamburgo goleia Stuttgart por 4 a 1

20 de outubro de 2007 | 14h16

O Werder Bremen derrotou o Hertha Berlim por 3 a 2 em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Alemão. Com os três pontos, o time dos brasileiros Diego, Naldo e Carlos Alberto chega aos 20 pontos e se aproxima do primeiro colocado o Bayern de Munique que levou um susto neste sábado, mas conseguiu bater o Bochum, fora de casa, por 2 a 1. Outra equipe que consegui um triunfo importante foi o Hamburgo que goleou o atual campeão Stuttgart por 4 a 1 e tem os mesmo pontos que o Werder, mas perde no saldo de gols.    Veja também: Classificação/ Resultados Mesmo favorito para vencer o time visitante, o Werder sofreu contra o Hertha Berlin, dos brasileiros Gilberto e Mineiro e o primeiro tempo foi muito fraco. Já a segunda etapa foi emocionante. Logo aos seis minutos, Diego acertou um bomba que explodiu no travessão da meta adversária. Mas o gol não demoraria a sair. Aos 12 minutos, o meia brasileiro acertou um longo lançamento para o português Hugo Almeida, de cara a cara com o gol, não perdoou.  Mas a festa do time da casa durou pouco, em uma bela jogada, outro brasileiro, o lateral-esquerdo Gilberto, empatou a partida, aos 17. Porém, o troco do Werder Bremen foi imediato. Na saída de bola, Rosemberg fez 2 a 1. E aos 29, Andreasen ampliou. Okoronkwo descontou nos acréscimos, mas já era tarde. O líder Bayern de Munique levou um susto ao visitar o Bochum, 14.º colocado na tabela. Os donos da casa saíram na frente com um gol de Grote aos 10 minutos do primeiro tempo. O Bayern precisou de 25 minutos para conseguir empatar a partida, com um gol do francês Ribery.  Tudo indicava que o jogo se encaminhava para um empate ruim para os bávaros, mas aos 34 da etapa final, Schweinsteiger virou.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Alemão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.