Agência Palmeiras
Agência Palmeiras

Wesley Carvalho fecha treino do Palmeiras e deve mexer no ataque da equipe

Artur pode receber chance como titular no clube pela primeira vez

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2018 | 16h34

O técnico interino Wesley Carvalho comandou neste sábado o treino do Palmeiras sem a presença dos jornalistas e não confirmou a escalação do time que entrará em campo para enfrentar o Paraná Clube no domingo, às 11h, no Allianz Parque, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A tendência é que a equipe jogue com três atacantes e tenha algumas alterações em relação à derrota para o Fluminense por 1 a 0 na última quarta-feira, que causou a demissão do técnico Roger Machado. Para seu lugar, o Palmeiras acertou com Luiz Felipe Scolari, que assumirá a equipe na próxima semana.

Enquanto isso, Wesley Carvalho, técnico do time sub-20, é quem estará no banco de reservas contra o Paraná. Apesar de não confirmar os titulares, certo é que ele fará ao menos três alterações. O zagueiro Edu Dracena foi expulso contra o Fluminense, e o volante Felipe Melo recebeu o terceiro amarelo. Além deles, o lateral-direito Marcos Rocha deixou o jogo com dores na coxa esquerda e também ficará de fora.

O interino deverá formar o setor defensivo com Mayke, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa. Bruno Henrique e Moisés serão os responsáveis pela marcação e saída de bola no meio-campo. O setor ofensivo é a principal incógnita.

Artur deverá receber uma chance no ataque ao lado de Dudu e William. A tendência é que Gustavo Scarpa, que vinha atuando pelos lados do campo, seja sacado. Mas o jogador pode fazer uma função mais centralizada e, com isso, quem deixaria a equipe é Lucas Lima. O treinador também pode optar por uma formação mais defensiva e colocar Thiago Santos no meio, adiantando Moisés.

O Palmeiras fechou a 15ª rodada do Brasileirão na sétima colocação, com 23 pontos, a oito de distância do líder Flamengo. O adversário chegará pressionado, pois ocupa a antepenúltima colocação, com 18 pontos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.