Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Wesley minimiza perda da liderança do Palmeiras

Para jogador, o importante é estar entre os quatro melhores ao fim da competição

DANIEL BATISTA, Agência Estado

29 de julho de 2013 | 17h34

SÃO PAULO - O empate por 1 a 1 com o Guaratinguetá, no último sábado, que resultou na perda da liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, foi minimizado pelo volante Wesley. O jogador pediu que o Palmeiras não fique se preocupando com a posição na tabela a cada rodada e ressaltou que o importante é estar entre os quatro melhores ao fim da competição, para voltar à elite.

"A gente tem que ganhar as partidas e depois pensar nisso. Se ficar preocupado em ser o primeiro ou o quinto colocado, nada vai acontecer. Temos de pensar jogo a jogo e não ficar pensando em colocação no campeonato", comentou.

Após o resultado de sábado, muitos jogadores do Palmeiras reclamaram das condições do gramado do estádio Dario Rodrigues Leite, mas Wesley preferiu não culpar o campo ruim pelo empate. O jogador admitiu o obstáculo, mas afirmou que o time precisa se acostumar a essas condições adversas.

"As dificuldades vão vir e a gente tem que estar preparado para tudo. Mas se tiver campo pior do que o que jogamos no sábado precisamos ser avisados. Até o pessoal do Guará falou para a gente durante o jogo que era ruim mesmo e eles também tinham dificuldade. Não dava para trabalhar a bola. Mas isso faz parte. A gente tem que superar tudo para conseguir vencer", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasWesleySérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.