Renata Lutfi/Divulgação
Renata Lutfi/Divulgação

Wesley torce por chance para reencontrar o Palmeiras no domingo

Volante do São Paulo pode atuar no clássico no Allianz Parque

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

25 de junho de 2015 | 10h00

Três meses depois de chegar ao São Paulo o volante Wesley aguarda com ansiedade pela chance de enfrentar pela primeira vez o ex-clube. O jogador pode ganhar chance no time para enfrentar o Palmeiras, no domingo, pelo Brasileirão, justamente na semana em que completou 28 anos. Nesta quarta, ele atuou como titular em parte do treino.

Um componente a mais é a oportunida de reencontrar a torcida adversária. Wesley chegou em 2012 ao Palmeiras e deixou o clube ao fim do contrato, em fevereiro de 2015. "Estou aqui para ajudar a equipe, independente da partida que o professor preferir me usar. É um jogo de grande importância, todos sabem da minha história no clube anterior, mas estou tranquilo para o que o Osorio decidir", contou Wesley em entrevista ao site oficial do São Paulo.

A transferência do volante foi conturbada. Apresentado em março pelo São Paulo, Wesley contou ter acertar com o time do Morumbi em dezembro e nos dois primeiros meses do ano treinou separado do restante do elenco do Palmeiras. No fim do ano passado o jogador recebeu muitas críticas da torcida.

Em março, quando já estava no São Paulo, Wesley viu de longe o time perder por 3 a 0 para o Palmeiras e acompanhou a recepção hostil organizada no Allianz Parque para Alan Kardec. O atacante também veio do rival do Tricolor do Morumbi e levou muitas vaias. "Temos que nos focar e dar continuidade no Campeonato Brasileiro, porque ficar na frente desde o início é de grande importância", comentou Wesley.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.