Tim Ireland / AP Photo
Tim Ireland / AP Photo

West Bromwich anuncia Alan Pardew como seu novo treinador

Clube está em décimo sexto no Campeonato Inglês, dois pontos acima da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo

29 Novembro 2017 | 11h26

A diretoria do West Bromwich anunciou, nesta quarta-feira, a contratação de Alan Pardew como novo treinador pelos próximos dois anos. O técnico substituirá Tony Pulis, demitido na semana passada após uma série de quatro derrotas seguidas no Campeonato Inglês.

+ City sofre, mas vira sobre Huddersfield e alcança 11ª vitória seguida no Inglês

+ Willian entra no fim, faz golaço e dá empate ao Chelsea no clássico com Liverpool

"Estou emocionado com a oportunidade que o West Bromwich me deu e ansioso para começar a trabalhar com o que eu considero ser um grupo talentoso de jogadores. O desafio imediato será obter os resultados que precisamos para nos puxar para cima na tabela. Mas estou ciente de que estou num dos grandes e tradicionais clubes do futebol inglês", declarou o treinador em comunicado publicado no site do clube.

Alan Pardew, de 56 anos, foi atraído pela diretoria do West Bromwich pelo currículo que mostra sua experiência no comando de equipes que disputam a principal competição inglesa, casos de Newcastle, Southampton, West Ham e Crystal Palace, última equipe que dirigiu.

"Alan traz a experiência de mais de 300 jogos no Campeonato Inglês. É o tipo de liderança dinâmica da qual nosso clube pode se beneficiar. Ficamos impressionados com o que ele tem a oferecer e esperamos uma nova era sob o seu comando", destacou o presidente do clube, John Williams.

Sob o comando interino do auxiliar Gary Megson, o West Bromwich obteve dois empates seguidos no Inglês - 1 a 1 diante do Tottenham, em Londres, e 2 a 2 com o Newcastle, em casa - quebrando a longa sequência de derrotas.

Porém, em 16º lugar na competição, com 12 pontos, a equipe segue ameaçada de entrar na zona de rebaixamento, pois tem somente dois pontos a mais que o West Ham, primeiro clube a figurar entre aqueles que cairiam para a segunda divisão inglesa na próxima temporada.

Mais conteúdo sobre:
futebol Campeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.