Eddie Keogh| Reuters
Eddie Keogh| Reuters

West Ham quer banir torcedores que atacaram ônibus

Ataque na chegada do time de Manchester atrasou início da partida em 45 minutos. Jogo marcou a despedida do Upton Park

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2016 | 10h20

A diretoria do West Ham garantiu nesta quarta-feira que o clube vai suspender por toda a vida os torcedores que foram responsáveis pelo ataque ao ônibus do Manchester United na última segunda-feira, antes da partida entre as duas equipes pelo Campeonato Inglês.

Objetos foram atirados no ônibus quando ele chegou ao Upton Park, que recebeu na última terça-feira o último jogo do West Ham no local - a partir da próxima temporada, o time vai mandar as suas partidas no Estádio Olímpico de Londres.

O ataque provocou o atraso do início da partida em 45 minutos e danificou os vidros do ônibus. Vídeos da ação violenta dos torcedores mostram, inclusive, alguns jogadores do Manchester United encolhidos no veículo, temerosos de serem atingidos.

Diante desse incidente, o West Ham divulgou nesta quarta-feira um comunicado oficial declarando que a ação desses torcedores não era aceitável e avisando que tomará atitudes severas contra os responsáveis pelo ataque. "Vamos trabalhar com a polícia para identificar os responsáveis e bani-los por toda a vida", afirmou o tradicional clube londrino.

"Eu quero ser claro. Esse comportamento foi completamente inaceitável e não representa o nosso clube ou nossos valores", afirmou David Sullivan, copresidente do West Ham. "Eu quero pedir desculpas para o Manchester United por esses danos e assegurar-lhes que estaremos fazendo tudo o que pudermos para encontrar os responsáveis e bani-los por toda a vida".

Em campo, o West Ham se despediu do Upton Park em grande estilo ao superar o Manchester United por 3 a 2, resultado que o deixou em sexto lugar no Campeonato Inglês e na zona de classificação para a próxima edição da Liga Europa, faltando uma rodada para o fim do torneio nacional.

Agora, após mais de um século no Upton Park, o West Ham passará a ter como casa o Estádio Olímpico, utilizado nos Jogos de Londres em 2012. O primeiro jogo do clube na nova casa vai ser em 7 de agosto, em amistoso contra a Juventus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.