Matthew Childs/Reuters
Matthew Childs/Reuters

West Ham United aproveita expulsão e avança na Copa da Liga Inglesa

Equipe de Londres supera o Wimbledon por 3 a 1, fora de casa

Estadão Conteúdo

28 Agosto 2018 | 18h12

Em péssima fase neste início de temporada, o West Ham suou mais do que o esperado, mas espantou a zebra na estreia na Copa da Liga Inglesa ao derrotar o Wimbledon por 3 a 1, nesta terça-feira. Fora de casa, a equipe saiu atrás no placar, mas ficou em vantagem numérica ainda no primeiro tempo e virou na etapa final para avançar à próxima fase.

Esta foi apenas a primeira vitória do West Ham em partidas oficiais na temporada, após três derrotas nas primeiras rodadas do Campeonato Inglês. O time segue sofrendo neste início de trajetória, apesar de ter gastado centenas de milhões de libras em nomes como Balbuena, Carlos Sánchez, Wilshere, Felipe Anderson e Yarmolenko.

Nesta terça, foi surpreendido logo no início pelo Wimbledon. O time da terceira divisão nacional abriu o placar com um minuto em cabeçada de Pigott. Aos 17, no entanto, Rodney MacDonald recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O Wimbledon se segurou até os 17 minutos do segundo tempo, quando Diop marcou de fora da área. O mesmo Diop virou o placar aos 37 quase sem querer, após escanteio da direita. E, nos acréscimos, Chicharito Hernández cortou o goleiro antes de selar o placar.

O Leicester, por sua vez, teve bem mais facilidade para golear nesta terça e avançar na Copa da Liga Inglesa. Campeã nacional em 2015/2016, a equipe recebeu o Fleetwood Town e passou com tranquilidade por 4 a 0, com gols de Fuchs, Iborra, Iheanacho e Ghezzal.


Outro time da primeira divisão que avançou sem dificuldade foi o Bournemouth, que bateu em casa o Milton Keynes Dons por 3 a 0. Crystal Palace, Southampton, Fulham e Wolverhampton foram outros representantes da elite que se classificaram, enquanto Huddersfield, Brighton & Hove Albion e o tradicional Aston Villa foram eliminados precocemente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.