Cesar Greco/ SE Palmeiras
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Weverton lamenta gol contra e diz que Palmeiras não se abaterá com derrota

Equipe alviverde tem ainda mais dois confrontos pelo Campeonato Brasileiro antes da decisão da Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2021 | 22h02

A derrota por 2 a 0 para o Flamengo, nesta quinta-feira, no Mané Garrincha, representou um revés para o Palmeiras na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, mas não pode abalar a confiança do time, que vinha embalado pela goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians. O alerta foi feito pelo goleiro Weverton após o duelo, lembrando que em breve o time vai decidir a Libertadores, dia 30, contra o Santos, e a Copa do Brasil, diante do Grêmio.

"O trabalho está sendo muito bem feito, estamos no caminho certo. É uma derrota que não pode nos abater, tem muito trabalho pela frente, muita coisa grande. Agora é ter tranquilidade, administrar bem e pensar no próximo adversário, que é o Ceará", disse o goleiro.

Com a derrota, o Palmeiras parou nos 51 pontos, em quinto lugar no Brasileirão. E ainda fará dois jogos antes da decisão com o Santos: enfrentará o Ceará, domingo, no Castelão, e vai receber o Vasco, na próxima terça-feira, no Allianz Parque.

Na avaliação de Weverton, a maratona de jogos atrapalhou o desempenho do Palmeiras, especialmente após o time ficar em desvantagem por um lance bizarro, em que Kuscevic acertou Luan, marcando contra. Para ele, o time se desorganizou ao tentar buscar o empate.

"Foi um jogo difícil, truncado, de dois concorrentes que estão brigando pelo título. Criamos as oportunidades primeiro e não conseguimos fazer. O Flamengo foi mais feliz, em uma infelicidade nossa. Aí, quem toma gol primeiro acaba correndo mais, se desorganizando mais. A gente vem em uma maratona e correr mais e correr errado é sempre mais difícil", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.