William diz que Corinthians não se intimida com pressão

Os jogadores do Internacional já afirmaram que a pressão da torcida será uma das armas da equipe para superar o Corinthians, mas o zagueiro William afirmou nesta quinta-feira que não teme o Beira-Rio lotado. Para o capitão, fatores extracampo não vão influenciar no desempenho corintiano.

AE, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 17h09

"Se fizermos um bom jogo, nada no estádio vai nos atrapalhar. Com mais um gol, a torcida esfria. Nosso rival é o Internacional, que tem bastante qualidade, e é neles que estamos focados", afirmou William, acreditando que um gol do Corinthians vai diminuir o ânimo do torcedor do Internacional.

Com a vantagem por ter vencido o primeiro jogo por 3 a 0, o Corinthians pode ser escalado com três zagueiros. William garante que a equipe não terá problemas de adaptação ao esquema. "O Mano sempre estuda os adversários e, se ele optar, faremos mais treinamentos com esta formação", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.