Arquivo/AE
Arquivo/AE

William prega humildade em estreia da Libertadores

Zagueiro corintiano tenta evitar rótulo de favorito e defende respeito a pequeno time uruguaio

estadao.com.br,

09 de fevereiro de 2010 | 11h50

O capitão William tenta ser cauteloso no primeiro jogo do Corinthians na Taça Libertadores A equipe enfrentará o inexpressivo Racing, do Uruguai, que disputa a competição sul-americana pela primeira vez.

Veja também:

linkRoberto Carlos é suspenso, e não enfrenta a Portuguesa

"Não podemos nos colocar como favoritos e menosprezar algum adversário por menos que seja sua tradição", afirma o zagueiro ao site oficial do clube.

Vice-campeão do torneio pelo Grêmio em 2007, William tanta manter a modéstia. "A curva mais perigosa é a da vaidade e não podemos nunca baixar a guarda para conquistar o título", reflete.

Mesmo com a atitude do jogador, o Corinthians vai com força total para conquistar o inédito título no ano de seu centenário. O clube aposta na chegada do lateral-esquerdo Roberto Carlos, do atacante Iarley e dos meias Danilo e Tcheco.

O Corinthians enfrenta o Racing no próximo dia 24, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.