Gilvan de Souza/ Flamengo
Gilvan de Souza/ Flamengo

Willian Arão critica após tropeço do Flamengo: 'Tem que vencer. Não tem desculpa'

Bruno Henrique, autor do gol contra o Atlético-GO, vê Rogério Ceni escalando a equipe do jeito que os jogadores gostam de jogar

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2020 | 01h15

O Flamengo perdeu por 3 a 0 do Atlético-GO no primeiro turno, em Goiânia, e, neste sábado, não saiu do empate por 1 a 1 em pleno Maracanã, no Rio, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Willian Arão não mediu palavras e criticou o resultado ao término do jogo.

"No Flamengo tem que vencer. Não tem desculpa. Não podemos tomar o gol que tomamos, ainda mais em casa. Temos que fazer melhor", esbravejou o jogador.

O tropeço no segundo jogo do técnico Rogério Ceni custou a vice-liderança. Agora, o Flamengo não passa do quarto lugar com os mesmos 36 pontos do Inter (vice-líder) e do São Paulo (terceiro colocado) que levam vantagem nos critérios de desempate. O Atlético-MG lidera com 38.

"Estamos melhorando, mas temos que melhorar para buscar a classificação na quarta (Copa do Brasil) e buscar o título aqui (no Brasileirão). Temos que vencer as partidas. Não podemos dar o luxo de perder gols e falhar. Temos que fazer melhor", completou Arão.

Para o atacante Bruno Henrique, que marcou o gol flamenguista, o time vai recuperar sua fase de ouro vivida ano passado por conta da chegada do técnico Rogério Ceni. "O Rogério está posicionando o time como era antes, do jeito que a gente gostar de jogar. O time vai melhorar muito" assegurou.

Antes de atuar pela 22ª rodada do Brasileirão contra o Coritiba no sábado, às 19 horas, novamente no Maracanã, no Rio, o Flamengo visitará o São Paulo na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, os paulistas venceram por 2 a 1 no Rio na estreia de Ceni.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.