Paulo Pinto/Estadão
Paulo Pinto/Estadão

Willian chega a BH e prevê briga por vaga no Cruzeiro

Atacante fez parte da negociação que mandou o meia Diego Souza para o Metalist

AE, Agência Estado

17 de julho de 2013 | 17h33

BELO HORIZONTE - Contratado junto ao Metalist, da Ucrânia, na negociação que envolveu a saída de Diego Souza, o atacante Willian esteve em Belo Horizonte nesta quarta-feira para a realização de exames médicos. Empolgado para vestir a camisa do clube, no entanto, o jogador sabe que precisará vencer a forte concorrência de nomes como Dagoberto, Borges, Vinícius Araújo, Lucca, Anselmo Ramon e Ricardo Goulart por uma vaga no setor ofensivo.

"Estou vindo para ajudar, chegando em um grupo muito forte, muito qualificado e venho para brigar pelo meu espaço. Claro que sempre com uma disputa muito sadia, e quem tem a ganhar sempre com isso é o grupo, o clube, o treinador", disse o atacante, que promete bastante vontade para conseguir esse espaço.

"Vontade, isso nunca vai faltar. Vou sempre me empenhar ao máximo, porque sei que é uma torcida que tem um calor diferente. Tem esse apoio que é fantástico e espero dentro de campo retribuir da melhor maneira possível, com muita vontade, muita garra e fazendo os gols, porque isso é importantíssimo. E que a gente possa estar sempre alcançando os objetivos do clube", comentou.

O jogador ainda falou sobre a expectativa no novo time. "Expectativa é muito boa, estou muito feliz de estar chegando em um grande clube como o Cruzeiro. Deus está me dando essa oportunidade. É uma nova etapa da minha vida e estou super, super feliz de trabalhar em um grande clube como esse, com profissionais de muita qualidade."

Como vinha treinando normalmente no Metalist, Willian projetou estrear em breve pelo Cruzeiro. "Espero semana que vem já estar treinando com o grupo. Venho de uma pré-temporada muito boa, estou me sentindo legal e espero integrar ao grupo o mais rápido possível para estar à disposição do professor", apontou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroWillianBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.