Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Willian corre contra o tempo para voltar ao Palmeiras na quarta

Com ausência de Borja e suspensão de Deyverson, atacante faz testes físicos para voltar à equipe após lesão

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2017 | 19h34

Na reapresentação do Palmeiras nesta segunda-feira, após a derrota para o Corinthians, em Itaquera, a grande expectativa foi em relação à forma física do atacante Willian. Embora esteja recuperado de um edema na coxa direita, sofrida ainda na vitória sobre a Ponte Preta, o atacante não foi relacionado para o clássico por não ter atingido os níveis físicos necessários.

+ Após golaço no clássico, Moisés pede que Palmeiras mantenha evolução no 2º turno

+ Palmeiras reclama de erros da arbitragem em derrota no clássico para Corinthians

No treino desta segunda-feira, a história se repetiu. De acordo com a comissão técnica, o artilheiro da equipe na temporada com 17 gols ainda não atingiu a velocidade máxima esperada (31 km/h). Seu patamar ainda está nos 25 km/h. Willian ainda tem um dia de preparação antes da partida contra o Vitória, quarta-feira, no Barradão.

O treinamento passou a ser uma espécie de “corrida contra o tempo”, pois o ataque do Palmeiras tem menos opções. O colombiano Miguel Borja foi convocado para defender a seleção de seu país em dois amistosos e deve ficar fora dos três próximos jogos (Vitória, Sport e Flamengo). Deyverson está suspenso depois de levar cartão vermelho no clássico. Se Willian não atingir a melhor forma, o técnico Alberto Valentim deverá mudar o esquema tático, abrindo mão da referência na área, e escalar Róger Guedes, ou improvisar Erik como camisa 9.

Nesta segunda-feira, apenas os reservas treinaram no gramado e fizeram um trabalho em campo reduzido. Os titulares ficaram na parte interna da Academia de Futebol realizando um trabalho regenerativo.

Artilheiro do Verdão no ano com 17 gols, Willian é o único centroavante com chances de jogar na próxima rodada, pois Borja está com a seleção, e Deyverson foi expulso no Dérbi. Caso também não possa jogar, Alberto Valentim terá de recorrer a uma improvisação, como Erik. Mas a expectativa é que Willian viaje e jogue em Salvador.

Com 54 pontos, o time é o quarto colocado no Brasileiro e está a oito pontos do Corinthians, o líder, restando seis rodadas em disputa. A partida contra o Vitória está marcada para as 21h45.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.