Divulgação
Divulgação

Willian é apresentado e exalta projeto do Cruzeiro

Jogador chegou elogiando a grandeza do clube mineiro

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 17h01

BELO HORIZONTE - O atacante Willian foi oficialmente apresentado nesta quinta-feira como novo reforço do Cruzeiro para a temporada. Envolvido na negociação que enviou o meia Diego Souza para o Metalist, da Ucrânia, o jogador chegou elogiando a grandeza do clube mineiro, os projetos para os próximos anos e disse que espera ser campeão em breve.

"Estou muito feliz de estar vestindo essa camisa maravilhosa e quero agradecer à confiança do presidente (Gilvan de Pinho Tavares). Estou super feliz, mais uma etapa da minha vida que quero alcançar com vitórias em um clube maravilhoso. Tenho objetivo de sempre alcançar títulos, o Cruzeiro está com esse projeto, é o objetivo de todos e comigo não é diferente. Espero fazer parte dessa família também e que essa família seja muito vitoriosa", declarou.

Revelado pelo Guarani e com passagens por Atlético-PR e Figueirense, Willian chegou ao Corinthians em 2011. Vendido ao Metalist, o jogador passou um ano vivendo na cidade de Kharkov, na Ucrânia. De volta ao Brasil, ele não escondeu a felicidade de morar novamente no País.

"Minha esposa ficou muito feliz. Meu pai, todo mundo quando eu dei a notícia, chorou. Além de o Cruzeiro ser um grande clube, um clube de ponta e com uma história maravilhosa, estou retornado ao Brasil e perto de todos. Fico muito feliz, estou sentindo um ar muito, muito positivo aqui no Cruzeiro", comentou.

Apresentado com a camisa 41, Willian explicou o motivo pela escolha do número. "Eu não tenho superstição nenhuma, não sou muito apegado nisso. Geralmente você quer lembrar de alguma coisa, um número que te marca também, não sei. Como foi o número 86 lá no Metalist, que é o ano de meu nascimento. Lembrei de uma coisa que não vai mais mudar e que não vai crescer mais, que é o número do meu pé, 41."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroWillian

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.