Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Willian: ‘Foi tudo premeditado’

Leia o depoimento do atacante do Palmeiras sobre a confusão em Montevidéu

O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2017 | 07h00

'Tomei uns dois socos na cabeça. O Palmeiras foi com o objetivo de fazer uma grande partida, sabíamos que poderíamos passar por isso em caso de vitória. Mas enquanto eles batiam, a gente respondia com futebol e gols.

Tenho 30 anos, mais de dez de carreira, e foi a primeira vez que vi algo tão violento. Tudo estava premeditado. Fecharam o portão de propósito. Queriam que a gente ficasse exposto dentro de campo. O time deles ficou nos provocando. Eles nos chamaram de “macacos” de novo. Ainda bem que a diretoria se planejou e levou mais seguranças.'

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolPalmeirasLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.