Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Willian lamenta tropeço do Corinthians, mas mostra confiança para jogo com o Athletico-PR

Atacante se destaca em jogo na Arena Castelão apesar da derrota para o Ceará pelo Campeonato Brasileiro

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2021 | 23h11

Apesar de entrar somente no segundo tempo, o atacante Willian foi o grande destaque do Corinthians no jogo com o Ceará, nesta quinta-feira, na Arena Castelão. Mesmo com o mau resultado, a atuação do jogador mostra ao técnico Sylvinho bons indícios para os últimos jogos do Campeonato Brasileiro.

Willian, por sua vez, elencou os feitos do Corinthians na partida diante dos cearenses, lamentou nova derrota fora de casa, mas reforçou o desejo por uma vitória no próximo domingo, às 16h, quando a equipe alvinegra recebe o Athletico-PR, na Neo Química Arena.

"Jogo difícil. É difícil jogar contra o Ceará aqui, uma equipe que começa o jogo forte, mas depois conseguimos controlar, criar oportunidades e fizemos o gol. Depois acabamos tomando (o segundo gol), não é o primeiro jogo que acontece isso. (Agora é) Descansar e tentar conquistar a vitória no domingo em casa", explicou o atleta.

Com Willian, Renato Augusto e Giuliano bem fisicamente, Sylvinho poderá colocar entre os titulares o time dos sonhos do torcedor corintiano. Essa escalação garante maior mobilidade e sempre gera mais perigo à defesa adversária. Diante do Athletico-PR, o Corinthians quer aproveitar novamente o apoio do torcedor para somar os três pontos e se manter no G-4.

Com a derrota por 2 a 1 contra o Ceará, o time do Parque São Jorge se sustenta na 4ª posição graças à vitória do rival Santos sobre o Fortaleza por 2 a 0. Além de Corinthians e Fortaleza, Red Bull Bragantino e Fluminense protagonizarão intensa disputa por um lugar no G-4 nesta reta final do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.