Hannah McKay/Reuters
Hannah McKay/Reuters

Willian marca, Chelsea goleia Brighton e cola no vice-líder Manchester United

Meia brasileiro marca o segundo gol em bela jogada na vitória por 4 a 0 fora de casa pelo Campeonato Inglês

Estadão Conteúdo

20 Janeiro 2018 | 12h38

Após cinco empates seguidos na temporada, o Chelsea voltou a vencer neste sábado. E retomou o caminho das vitórias com uma goleada sobre o Brighton & Hove Albion por 4 a 0, fora de casa, em rodada do Campeonato Inglês. O brasileiro Willian marcou um dos gols dos visitantes. E Eden Hazard balançou as redes por duas vezes.

+ Barkley deve estrear e Fabregas e Cahill desfalcam o Chelsea no sábado

Com o triunfo, o time comandado pelo técnico Antonio Conte subiu para o provisório terceiro lugar, desbancando o Liverpool, e alcançou o Manchester United. O Chelsea soma agora os mesmos 50 pontos do rival, que segue na vice-liderança e ainda enfrentará o Burnley neste sábado, em casa.

O Chelsea jogou fora de casa neste sábado, mas a julgar pelo início da partida parecia que a equipe londrina atuava no Stamford Bridge. Aos 5 minutos, os visitantes já venciam por 2 a 0. O primeiro gol saiu logo aos três minutos. Após cruzamento da linha de fundo, Hazard recebeu dentro da área, cortou um marcador e bateu rasteiro para as redes.

Na sequência, o mesmo Hazard fez bela triangulação com Batshuayi e Willian, que encheu o pé e estufou as redes, aos 5. Depois de abrir boa vantagem no placar, o Chelsea segurou o ritmo e passou a levar sustos na defesa. O goleiro Caballero fez duas defesas decisivas e ainda contou com uma bola na trave para não ser vazado.

Na segunda etapa, o Chelsea resolveu a partida aos 31 minutos, quando Hazard aproveitou a apatia da zaga local para anotar seu segundo gol na partida. Ele fez o que quis na defesa do rival ao receber pela esquerda, cortar para o meio e contornar a área até decidir em qual canto iria finalizar com tranquilidade.

A vitória se tornou goleada aos 43, quando Moses recebeu levantamento quase na marca do pênalti e bateu na saída do goleiro Mathew Ryan para sacramentar a boa vitória do Chelsea fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.