Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Willian supera concorrência e deve ser o titular do ataque do Palmeiras

Atacante recém-contratado supera Alecsandro, Barrios, Rafael Marques no começo da temporada

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 Fevereiro 2017 | 07h00

Alecsandro, Barrios, Rafael Marques e outros remanescentes de temporadas anteriores no elenco do Palmeiras perderam espaço neste começo de ano para um reforço. Willian é quem deve começar como titular no ataque na primeira partida oficial da equipe no ano, o encontro de domingo contra o Botafogo, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

O ex-cruzeirense assinou vínculo por três temporadas e fez a estreia pelo Palmeiras no último domingo, contra a Ponte Preta, em amistoso. A presença dele como titular não foi a primeira tentativa do técnico Eduardo Baptista de encontrar alguém para atuar centralizado no setor ofensivo, função desempenhada por Gabriel Jesus no ano passado.

No primeiro jogo do ano, por exemplo, Alecsandro ganhou a oportunidade de ser titular. Depois, Barrios foi testado tanto no amistoso com a Chapecoense, dia 21, como em jogos-treinos na Academia de Futebol. Apesar disso, quem chegou depois levou a melhor. E Willian tem treinado como titular e assim, deve ter novamente a oportunidade na estreia oficial da equipe.

Baptista deve escalar como titulares: Fernando Prass; Jean, Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Róger Guedes, Tchê Tchê, Raphael Veiga e Dudu; Willian. A equipe faz nesta sexta-feira o primeiro treino do ano no Allianz Parque, em atividade parcialmente fechada à imprensa pela manhã.

Para a estreia do time, o Palmeiras vendeu antecipadamente 18 mil ingressos até a tarde desta quinta-feira. O setor Gol Norte está esgotado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.