Reprodução site Coritiba
Reprodução site Coritiba

Wilson marca nos acréscimos e Coritiba bate Juventude pela Série B

Goleiro, aos 52 minutos do segundo tempo, converte cobrança de pênalti decisiva

Estadao Conteudo

05 Outubro 2018 | 23h38

O Coritiba manteve vivo o sonho do acesso ao vencer o Juventude por 2 a 1, nesta sexta-feira, no Couto Pereira, pela 30.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, com direito a gol do goleiro Wilson, aos 52 minutos da etapa final.

Com o resultado, o time paranaense acabou a noite na oitava posição, com 43 pontos, a cinco do G4. O Juventude está na 16.ª posição, com 32. O CRB, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento, tem 31.

Apesar de estar jogando fora de casa, o Juventude resolveu se arriscar e chegou com perigo logo de cara. Hugo Sanches recebeu dentro da área, deixou Alan Costa para trás e chutou por cima do gol de Wilson. A resposta veio com Jean Carlos. O meia arriscou de longe e mandou perto da trave.

O Coritiba começou a crescer na partida e acabou marcando, mas o lance acabou anulado pelo árbitro. Em confusão dentro da área, Guilherme Parede empurrou para o gol. No entanto, o atacante estava em posição de impedimento.

Com o tempo, o time gaúcho recuou e chamou o time da casa para o seu campo de defesa. Aos 29 minutos, Guilherme Parede recebeu de Chiquinho e tentou de cobertura, pela linha de fundo.

No segundo tempo, enfim os gols saíram. No minuto inicial, Alecsandro recebeu dentro da área e se jogou, meio de voleio, para tentar de canela. A bola, na verdade, tocou na perna do zagueiro Bonfim e entrou no alto. O gol, porém, foi confirmado para Alecsandro. Yan Sasse teve a chance de fazer o segundo, mais tarde, mas parou no goleiro Douglas.

O Juventude se complicou ainda mais aos 26 minutos, quando o árbitro expulsou Leandro Lima por reclamação. Com um a mais, o time paranaense tentou administrar o resultado, se acomodou e acabou levando o empate. Elias recebeu dentro da área e cabeceou para o gol aos 44 minutos.

Quando tudo indicava que o duelo terminaria empatado, mas o Coritiba fez o gol da vitória aos 52 minutos. O árbitro marcou pênalti após mão de Lucas, muito contestada pelos gaúchos. O goleiro Wilson foi para a cobrança, chutou no meio do gol e viu a bola ainda tocar na mão de Douglas silva antes de entrar: 2 a 1 Coritiba.

Na próxima rodada, o Juventude enfrenta o Goiás na sexta-feira, às 19h15, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. No dia seguinte, o Coritiba visita o Figueirense, às 19h, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 1 JUVENTUDE

CORITIBA - Wilson; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner (William Matheus); Vitor Carvalho, Wellington Simião, Jean Carlos (Yan Sasse) e Chiquinho; Guilherme Parede e Alecsandro (Guilherme). Técnico: Argel Fucks.

JUVENTUDE - Douglas Silva; Felipe Mattioni, Micael, Bonfim e Pará (Matheus Bertotto); Rodrigo, Lucas, Tony (Elias), Leandro Lima e Hugo Sanches; Denner (Gabriel Valentini). Técnico: Luís Carlos Winck.

GOLS - Alecsandro, a um, Elias, aos 44, e Wilson, aos 52 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Léo Simão Holanda (CE)

CARTÕES AMARELOS - Abner e Jean Carlos (Coritiba); Elias e Felipe Mattioni (Juventude)

CARTÃO VERMELHO - Leandro Lima (Juventude)

RENDA - R$ 68.058,00

PÚBLICO - 4.116 pagantes

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.