Wladimir: obrigação de ser são-paulino

No clã dos Rodrigues dos Santos todos são corintianos, mas vestem e ostentam, com orgulho, a camisa do São Paulo. A única exceção é Wladimir, ex-lateral-esquerdo do Corinthians e da Seleção Brasileira e pai de Gabriel, o garoto que virou atração do time do São Paulo. Para não deixar os fiéis corintianos indignados, ele não ousa, pelo menos publicamente, colocar no corpo a camisa são-paulina. Wladimir Rodrigues dos Santos sabe muito bem o quanto é forte a ira de um corintiano ao sentir-se traído. Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

21 Março 2002 | 09h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.