Arquivo/AE
Arquivo/AE

Wolfsburg chega como favorito à última rodada do alemão

Time do atacante Grafite é o líder da competição e precisa de um empate contra o Werder Bremen

EFE

21 de maio de 2009 | 16h16

Liderado pelo atacante brasileiro Grafite, o Wolfsburg chega à 34.ª e última rodada do Campeonato Alemão com uma ligeira vantagem sobre seus rivais na luta pelo título, Bayern de Munique e Stuttgart.

 

A equipe treinada por Felix Magath lidera com 66 pontos e vai garantir a conquista com um empate diante do Werder Bremen. Seus principais concorrentes estão empatados em 64 pontos, e se enfrentarão na Allianz Arena.

 

O Wolfsburg receberá um Bremen desanimado pela derrota para o Shakhtar Donetsk na final da Copa da Uefa. Além de estar perto de seu primeiro título alemão, o líder pode quebrar um recorde.

 

A dupla de ataque formada por Grafite e Edwin Dzeko está a apenas dois gols dos 53 marcados por Gerd Muller e Uli Hoennes na temporada 1972-1973, pelo Bayern. O brasileiro é o artilheiro da competição, com 26 gols, um a mais que o bósnio.

 

Com menos chances de levantar a taça, Bayern e Stuttgart farão, teoricamente, um jogo que definirá o vice-campeão e dono da segunda vaga direta à Liga dos Campeões.

 

O ex-jogador alemão Lothar Matthaus, ídolo da equipe bávara, afirmou que ainda acredita que o título vá para Munique. Matthaus lembrou da rodada final do Alemão em 2000, quando o Bayern precisava vencer o Bremen e torcer por uma derrota do então líder Bayer Leverkusen.

 

Na parte de baixo da tabela, a situação mais complicada é do Karlsruher, que tem 26 pontos e precisa vencer o Hertha, além de torcer por tropeços de Energie Cottbus e Arminia Bielefeld. Caso esta combinação aconteça, a equipe do meia brasileiro Antonio da Silva disputaria uma eliminatória contra o terceiro colocado da segunda divisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.