Sven Hoppe/Efe
Sven Hoppe/Efe

Wolfsburg decide viajar para a África mesmo após morte de jogador

'Não foi uma decisão fácil, mas temos a certeza de que é absolutamente o certo', disse o gerente geral da equipe, Klaus Allofs

Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2015 | 15h44

O Wolfsburg decidiu manter o seu planejamento e viajará para um período de treinamentos na África do Sul, apesar da morte do meio-campista Junior Malanda em um acidente de carro no último sábado, 10. "Não foi uma decisão fácil, mas temos a certeza de que é absolutamente o certo. Ele queria o sucesso, conseguir grandes coisas com a gente, e isso é o mínimo que podemos fazer por ele", disse o gerente geral do Wolfsburg, Klaus Allofs.

O belga Malanda, de 20 anos, morreu quando o Volkswagen Touareg em que ele era um passageiro no banco de trás bateu em uma árvore numa autoestrada perto de Bielefeld. Ele estava indo encontrar com seus companheiros de equipe para a viagem até a Cidade do Cabo, que estava programada para ser realizada neste sábado e foi reprogramada para a noite de domingo.

Diante da tragédia, o Wolfsburg vai levar profissionais especializados para ajudar os jogadores a lidar com a perda do seu companheiro de equipe. "Todo mundo está completamente perturbado. Os jogadores estão em um estado terrível", disse Allofs. "Todo mundo o amava".

O técnico do Wolfsburg, Dieter Hecking, se emocionou durante entrevista coletiva neste domingo. "Júnior era um jovem jogador excepcional, talentoso e cheio de vida. Ele deixa uma grande lacuna", afirmou o treinador.

Centenas de torcedores se reuniram para expressar sua dor neste domingo. Muitas flores, velas e fotos foram deixadas no estádio do Wolfsburg, onde o clube abriu um livro de condolências para o jovem jogador.

Malanda era considerado uma das principais promessas da Bélgica. Ele jogou em todas as seleções de base do país a partir dos 15 anos. No Wolfsburg desde janeiro de 2014, Malanda marcou dois gols e deu passes para outros quatro em 17 partidas do Campeonato Alemão. "O céu agora é o seu campo de jogo, mas nós não vamos esquecer você", disse a Associação Belga de Futebol no seu site oficial.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolWolfsburgMalanda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.