Wolfsburg elimina a Inter de Milão na Liga Europa; Zenit e Sevilla avançam

Único time ainda capaz de tirar o título alemão do Bayern de Munique, o Wolfsburg confirmou a boa temporada chegando às quartas de final da Liga Europa. Nesta quinta-feira, a equipe do brasileiro Luiz Gustavo garantiu a classificação ao vencer uma apática Inter de Milão, por 2 a 1, na Itália. Na ida, os alemães já haviam ganhado por 3 a 0.

Estadão Conteúdo

19 Março 2015 | 19h25

No Giuseppe Meazza, o Wolfsburg controlou a partida. Comandou o primeiro tempo e abriu o placar com Caligiuri, aos 24 minutos da etapa inicial, depois de mais uma assistência do belga De Bruyne. A Inter só melhorou no segundo tempo, chegando ao empate com Palacio, depois de assistência de Hernanes. Para sacramentar a vitória, Bendtner ainda deixou o dele, aos 44 minutos do segundo tempo.

Outro time italiano eliminado na segunda leva de jogos desta quinta-feira foi o Torino, que até ganhou por 1 a 0 do Zenit, em Turim, mas o resultado foi insuficiente. Os russos, que contam com o brasileiro Hulk no ataque, haviam vencido por 2 a 0 na partida de ida, em São Petersburgo.

Confirmando a boa fase do futebol belga, o Brugge venceu o Besiktas por 3 a 1, em Istambul, fechando o confronto com placar agregado de 5 a 2. O brasileiro Ramon, com passagens por Flamengo, Vasco e Corinthians, abriu o placar para os turcos com um lindo chute, em que a bola entrou no ângulo.

Já o confronto espanhol classificou o Sevilla, que ganhou do Villarreal por 2 a 1, em casa, fechando o duelo com um placar agregado de 5 a 2. Iborra abriu o placar no Ramón Sánchez Pizjuán, Giovani dos Santos empatou, mas Bailly foi expulso e freou a reação do Villarreal. Ainda deu tempo de Denis Suárez marcar o segundo e garantir nova vitória do Sevilla.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.