Jochen Luebke/Efe - 18/9/2010
Jochen Luebke/Efe - 18/9/2010

Wolfsburg estuda punir Diego por pênalti perdido e demite técnico

Steve McClaren havia determinado outro jogador para a cobrança que o brasileiro desperdiçou

KAROLOS GROHMANN, Reuters

07 de fevereiro de 2011 | 14h40

BERLIM - O meia brasileiro do Wolfsburg Diego pode ser punido pelo clube após ter ignorado uma ordem do técnico Steve McClaren para não cobrar um pênalti na derrota de 1 a 0 da equipe para o Hanover 96 no sábado.

Diego tomou a bola do cobrador escolhido pelo técnico, Patrick Helmesm e então acertou o travessão na cobrança, a 10 minutos do fim da partida.

"Tínhamos decidido que seria Patrick Helmes e anunciamos isso (para o time). Ele nos desafiou. Ele não deveria ter cobrado o pênalti", disse McClaren.

O ex-técnico da seleção inglesa foi demitido nesta segunda-feira, em sua primeira temporada no Campeonato Alemão, uma vez que o Wolfsburg ocupa apenas a 12a posição.

O jornal alemão Bild informou que Diego receberá uma multa de 100 mil euros (cerca de R$ 227,4 mil) e será afastado do time. Dirigentes da equipe não estavam disponíveis de imediato para comentar.

McClaren havia conseguido manter o emprego durante a pausa de inverno (europeu) e investiu mais 30 milhões de libras (pouco mais de R$ 81 milhões) na contratação de vários jogadores, incluindo Helmes, após a venda de Edin Dzeko para o Manchester City.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.