Patrik Stollarz/EFE
Patrik Stollarz/EFE

Wolfsburg vence, sobe para 6º e afunda Werder Bremen; Schalke segue sem triunfar

Com o resultado, time soma 45 pontos e ocupa o último lugar dentro do grupo que garante vaga na Liga Europa

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2020 | 13h45

O Wolfsburg conseguiu uma vitória importante neste domingo, pela 30ª rodada do Campeonato Alemão. Derrotou o Werder Bremen por 1 a 0 fora de casa, entrou na zona de classificação à próxima edição da Liga Europa e agravou a crise do adversário, afundado na penúltima colocação da tabela de classificação.

Com o resultado, o Wolfsburg soma 45 pontos e subiu para o sexto lugar, o último dentro do grupo que garante vaga na competição europeia. Tem dois pontos de vantagem para o Hoffenheim, o sétimo colocado. Já o Werder Bremen permanece na 17ª e penúltima colocação, com 25 pontos, três a menos que o Fortuna Dusseldorf, que está na zona de disputa dos playoffs do rebaixamento, e a seis do Mainz, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Os visitantes foram superiores e mais perigosos em quase toda a partida. O gol do triunfo saiu dos pés do centroavante holandês Weghorst, aos 37 minutos da etapa final. No lance, ele aproveitou cruzamento da direita e marcou de cabeça.

O Schalke 04 não corre risco de ser rebaixado, mas vive um calvário do qual não consegue escapar. O time de Gelsenkirchen, que vinha de quatro derrotas seguidas, conseguiu somar seu primeiro ponto na retomada do torneio ao empatar com o Union Berlin por 1 a 1, fora de casa.

No entanto, o Schalke manteve sua seca de vitórias. Já são 12 partidas sem vencer, sua pior sequência na história do Campeonato Alemão em 23 anos - são cinco empates e sete derrotas desde que ganhou pela última vez, em 17 de janeiro, diante do Borussia Monchengladbach. A equipe do Vale do Ruhr ocupa o décimo posto, com 38 pontos.

O Union Berlin também passa por uma fase ruim, de modo que não triunfa desde 24 de fevereiro, quando bateu o Eintracht Frankfurt por 2 a 1. Depois disso, acumulou quatro derrotas e três empates. Tem 32 pontos é o 13º colocado. Andrich abriu o placar para os donos da casa em arremate de esquerda e Kenny, em bonito chute cruzado, empatou para os visitantes.

As duas equipes fizeram um manifesto antirracista antes de a bola rolar ao se ajoelharem no chão, em referência ao gesto de Colin Kaepernick, ex-jogador da NFL, ecoando os protestos contra a discriminação racial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.