WTorre lamenta acidente e investiga morte na Arena Palestra

Veja comunicado oficial da construtora

Agência Estado

15 de abril de 2013 | 13h52

SÃO PAULO - Responsável pelas obras na Arena Palestra, a WTorre lamentou a morte de um operário no acidente que deixou ainda um ferido nesta segunda-feira na construção do novo estádio do Palmeiras. O clube ainda não se manifestou sobre o caso. O acidente aconteceu por volta das 11h30 da manhã destaegunda. 

"A WTorre Engenharia e Construção S/A lamenta informar que na manhã desta segunda-feira um acidente nas instalações da Nova Arena Palmeiras causou a morte de um operário vinculado a uma das empresas prestadoras de serviço no empreendimento", registrou a empresa, em nota oficial.

A construtora confirmou que houve apenas um ferido no acidente. Havia a informação de que dois operários tinham se machucado. O ferido já foi encaminhado ao hospital. "Um outro trabalhador teve escoriações leves e está sob cuidados médicos", explicou. "A WTorre já colocou à disposição dos familiares das vítimas toda a assistência necessária".

A empresa afirmou também que já está investigando as causas do acidente. "Ainda não é possível apontar os motivos da ocorrência. Tão logo tenha informações mais detalhadas sobre o fato, a WTorre Engenharia e Construção S/A vai torná-las disponíveis à opinião pública."

Segundo informações iniciais, três vigas teriam desabado sobre a arquibancada que está sendo erguida sobre a construção do estádio antigo. Cinco operários trabalhavam no local, mas somente três conseguiram escapar antes da queda das vigas. Um ficou ferido e outro acabou esmagado pelas placas de concreto que as vigas sustentavam. O corpo ainda não foi removido do local. 

A construção da Arena Palestra teve início em outubro de 2010 e tem previsão para ser entregue em fevereiro de 2014.

COMUNICADO DA WTORRE

Em respeito aos familiares do operário Carlos de Jesus, morto em acidente ocorrido hoje na obra da Nova Arena Palmeiras, e aos profissionais que atuam no empreendimento, a WTorre Engenharia e Construção S/A decretou luto no dia de amanhã no local.  Todas as atividades serão retomadas paulatinamente a partir da próxima quarta-feira. Carlos de Jesus era funcionário da TLMix, empresa prestadora de serviço para o fornecimento e montagem dos pré-moldados em concreto.

A WTorre Engenharia e Construção S/A tem oferecido assistência psicológica e material aos familiares de Carlos de Jesus. O mesmo cuidado foi dispensado a outro acidentado, Crispiniano dos Santos, que teve ferimentos leves na cabeça e no punho, confirmados após check-up realizado na Santa Casa de São Paulo.

A WTorre Engenharia e Construção S/A e a TLMix estão totalmente empenhadas em identificar, com as autoridades públicas competentes,  as causas desta fatalidade no menor prazo possível.  Tão logo tenham informações esclarecedoras, as empresas as anunciarão para a opinião pública.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.