Xabi Alonso é investigado na Espanha por suposto crime fiscal

Jogador emitiu um comunicado nesta terça-feira para se defender

EFE

22 de setembro de 2015 | 10h31

O meia espanhol Xabi Alonso, do Bayern de Munique, estaria sendo investigado por supostos crimes fiscais. A informação foi divulgada pelo jornal El Mundo a partir de denúncia da Agência Estatal de Administração Tributária, e o atleta emitiu um comunicado nesta terça-feira para se defender.

Segundo fontes ligadas à investigação confirmaram à Agência Efe, a informação ainda está sendo estudada, por isso, a Fiscalía de Madri, órgão que realiza o trabalho de detecção de irregularidades na capital, ainda não se pronunciou oficialmente.

De acordo com o jornal El Mundo, a denúncia diria respeito à cobrança dos direitos de imagem do jogador entre 2010 e 2012, período em que o meia estava no Real Madrid, com suposto uso de empresas no exterior para receber os montantes.

 

 

Em nota divulgada pelo Twitter, o jogador do Bayern de Munique garantiu "com absoluta veemência que sempre cumpriu com todas e cada uma de suas obrigações fiscais". Alonso ainda diz que utilizará as medidas que considerar oportunas para demonstrar isso.

Dias atrás, o argentino Javier Mascherano, ex-companheiro do espanhol no Liverpool, também foi denunciado por suposta fraude. O atleta do Barcelona, com passagem pelo Corinthians, teria assumido o controle de duas empresas, uma em Portugal e outra nos Estados Unidos, para fim semelhante.

 


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.