Xavi defende Messi e critica gramados da Copa América

As críticas feitas a Lionel Messi após a eliminação da Argentina da Copa América são "totalmente exageradas", e se houvesse gramados decentes, isso o teria ajudado a jogar melhor, disse na quarta-feira o jogador Xavi, seu colega no Barcelona.

REUTERS

20 de julho de 2011 | 12h00

"Leo é o melhor jogador do mundo, e infelizmente para ele, quando as coisas não vão bem para a Argentina, as críticas vão na direção dele", disse Xavi em coletiva de imprensa.

"As críticas são totalmente exageradas. Ele fez uma Copa América fantástica, apesar da decepção que foi a eliminação da Argentina", disse o jogador espanhol.

A Argentina, que foi campeã da Copa América pela última vez em 1993 e sedia o torneio atual, foi desancada pela mídia depois de ser derrotada pelo Uruguai numa disputa de pênaltis nas quartas de final.

Como Jogador do Ano atual, os argentinos esperavam que Messi os conduzisse a sua primeira vitória importante desde 1993.

Xavi disse que alguns dos gramados da Copa América "não estavam em boa condição" e que a situação "é lamentável para o futebol".

"É fundamental que o gramado esteja em boa condição", disse ele.

"Num campo em má condição, tudo é mais igualado fisicamente, em termos de talento, tecnicamente. Num gramado bom, o talento tem mais condições de se destacar", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTXAVIMESSI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.