Pau BARRENA / AFP
Pau BARRENA / AFP

Xavi crê em vaga na Liga dos Campeões: 'Somos o Barça e vamos vencer o Bayern'

Em situação complicada, time catalão vai precisar vencer equipe alemã fora de casa para depender apenas de si por um lugar nas oitavas de final do torneio

Redação, Estadao Conteudo

24 de novembro de 2021 | 12h11

O empate frustrante contra o Benfica, por 0 a 0, no Camp Nou, terça-feira, deixou o Barcelona em situação delicada na Liga dos Campeões. Com dois pontos a mais que o time português (7 a 5), terá de ganhar na última rodada do poderoso Bayern, em Munique, para não depender de ajuda do Dínamo de Kiev. Ao invés de lamentar o tropeço caseiro, o técnico Xavi deixou o jogo garantindo uma vitória do time catalão na Alemanha, dia 8 de dezembro.

"Somos o Barça e vamos vencer o Bayern de Munique", afirmou Xavi, após o empate em casa em um jogo que daria a vaga antecipada com um triunfo. "Vamos tentar somar três pontos lá para nos classificarmos. Sabemos qual é a situação atual do ponto de vista matemático", disse, elogiando o crescimento do time. "Vi muitas coisas bonitas no esforço, na intensidade. Isso não foi suficiente e é uma pena."

O Barcelona até melhorou em relação a jogos anteriores, mas ainda deve futebol. A possível volta de Ansu Fati - se recupera de lesão - na Alemanha, e a escalação de Dembélé deixam Xavi mais confiante para a dura missão em Munique.

"Um jogador assim muda o jogo, transborda e gera medo nos zagueiros", advertiu o treinador espanhol. Apesar do discurso exalando otimismo, a tarefa do Barcelona é das mais difíceis. O Benfica recebe o Dínamo e, ganhando, obrigaria os espanhóis a vencerem em Munique, o que não será nada fácil. Caso fiquem empatados em pontuação, os portugueses avançariam por terem vencido no confronto direto (3 a 0 no Estádio da Luz e 0 a 0 no Camp Nou).

Além de ter vencido seus cinco jogos na atual edição, o Bayern vem anotando gols na Liga dos Campeões há 27 jogos seguidos. Foram impressionantes 90 bolas nas redes adversárias nesta sequência. E existe o fato de o Barcelona ter um ataque bastante econômico. Foram somente dois gols nas cinco rodadas.

A esperança de Xavi é que o esquadrão alemão, já garantido nas oitavas de final, possa entrar com uma escalação alternativa, dando descanso às principais peças.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.