Xavi: Ninguém pode duvidar das lesões de Ronaldinho e Deco

Meia do Barcelona fica revoltado com suspeitas levantadas pela imprensa espanhola

10 de janeiro de 2008 | 13h23

O meia Xavi Hernández saiu nesta quinta-feira em defesa do brasileiro Ronaldinho Gaúcho e do naturalizado português Deco, seus companheiros de Barcelona, e pediu que ninguém duvide que ambos estejam machucados. "Não é lógico que se duvide do profissionalismo de Deco e Ronaldinho Gaúcho. Há um boletim médico e isso não é certo, pois falamos com eles e sabemos que ambos estão machucados", afirmou Xavi. Deco sente dores no músculo adutor médio da perna direita. Já Ronaldinho, que ainda não entrou em campo este ano, segue tratamento intensivo para se livrar das dores de uma tendinite patelar no joelho esquerdo. Xavi se juntou a Puyol, capitão do time, que na quarta pediu respeito para os dois jogadores. "Em nenhum momento o grupo duvidou que Deco e Ronaldinho Gaúcho poderiam jogar no Sánchez Pizjúan se quisessem", disse o meia. "É um assunto muito sério para fazermos piada. Não podemos vacilar com estas coisas e não vamos permitir", completou Xavi. O jogador também elogiou a atuação do atacante francês Thierry Henry, autor do gol de empate do Barça no empate em 1 a 1 com o Sevilla no Ramón Sánchez Pizjuán, pela ida das oitavas da Copa do Rei. "Henry é um jogador que faz a diferença sempre que está em perfeitas condições. Ele está bem fisicamente no momento e ontem demonstrou isso marcando um gol que pode ser decisivo para superar a eliminatória." Aliás, o francês tem tudo para ser o destaque do Barcelona no próximo mês, já que Ronaldinho deve demorar a se recuperar e Samuel Eto'o foi liberado para defender Camarões na Copa Africana de Nações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.