Xavi quer mais 'intensidade' dos jogadores do Barça

O Barcelona cedeu de forma pouco comum a vantagem no placar nos seus dois mais recentes jogos e o capitão da equipe, Xavi, quer mais intensidade dos jogadores na partida de sábado contra o Osasuna, em casa.

IAIN ROGERS, REUTERS

15 de setembro de 2011 | 12h23

Os campeões europeus e da Espanha venciam por dois gols e acabaram empatando com a Real Sociedad na rodada do Campeonato Espanhol, no último fim de semana, e na terça-feira também cederam o empate pelo mesmo placar nos minutos finais do jogo com o Milan, no Camp Nou pelo grupo D da Liga dos Campeões.

Xavi admitiu que o time perdeu fôlego no segundo tempo do jogo contra a Real Sociedad, mas insistiu que o último gol do Milan foi "totalmente injusto".

"Está muito claro que poderíamos ter vencido sem os primeiros e últimos 30 segundos do jogo", disse o jogador, de 31 anos, à TV do Barça, referindo-se ao gol de Alexandre Pato nos primeiros 24 segundos da partida e ao último do Milan, marcado por Thiago Silva aos 47 minutos do segundo tempo.

"Mas algumas vezes o futebol é assim injusto, e desta vez nós estávamos do lado dos injustiçados", acrescentou. "O time está um pouco para baixo, não podemos explicar isso, mas temos de seguir em frente. Estamos jogando um bom futebol, mas em certos momentos temos de jogar com mais intensidade."

Tudo o que sabemos sobre:
FUTESPANHOLXAVI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.