Lavandeira Jr./EFE
Lavandeira Jr./EFE

Xavi vê Neymar à frente de CR7: 'Vai substituir o Messi em 3 anos'

Espanhol apontou ainda a seleção brasileira como favorita ao título na Rússia

Estadão Conteúdo

14 Junho 2018 | 12h18

Campeão mundial com a Espanha em 2010 e embaixador da Copa do Mundo do Catar, em 2022, Xavi Hernández disse nesta quinta-feira que Neymar está à frente de Cristiano Ronaldo e que o brasileiro substituirá Lionel Messi na disputa para ser o melhor jogador do mundo em breve. Além disso, o espanhol apontou a seleção brasileira como favorita ao título na Copa do Mundo da Rússia.

+ Gabriel Jesus exalta força coletiva do Brasil e assegura ajuda na marcação

+ Seleção brasileira fará dois amistosos nos Estados Unidos depois da Copa

+ Tite define escalação da estreia do Brasil na Copa do Mundo da Rússia

"O melhor do mundo, para mim, é o Messi, ainda. O Neymar está muito próximo. (Entre Neymar e Cristiano Ronaldo) Neymar é melhor jogador de futebol, na minha opinião. Tem mais coisas a oferecer", disse o jogador em entrevista ao Sportv. "Neymar tem mais talento e pode crescer muito, acho que vai substituir o Messi em três ou quatro anos", completou o meia, que atuou com o craque brasileiro no Barcelona.

Os candidatos ao título do Mundial da Rússia, na opinião de Xavi, são Espanha, Alemanha, Argentina e o Brasil. Xavi, porém, vê a seleção de Tite um pouco à frente dos demais e acredita que os brasileiros estão prontos para conquistar o hexacampeonato.

"(O Brasil) Tem tudo para ser campeão. Espanha, Alemanha e Argentina, com Messi. É muito difícil. Mas acho que o Brasil tem um 'plus' em termos de mentalidade e histórico para conseguir essa Copa", avaliou.

 

Xavi criticou a decisão de Julen Lopetegui, que acertou com o Real Madrid e foi demitido do comando da seleção espanhola às véspera do início do Mundial. "Não se pode estar com a cabeça em dois lugares de uma vez. A partir de agora, os jogadores devem pensar somente em futebol. Ele (Lopetegui) foi o responsável pelo ótimo momento da Espanha até aqui, mas a decisão de acertar com o Real Madrid não foi acertada", ponderou.

Escolhido para substituir Lopetegui no comando da Espanha, Fernando Hierro ganhou elogios do ex-companheiro de seleção. "É um ótimo líder. Ele nos ajudou em 2010, quando vencemos a Copa, uniu os capitães do time", afirmou.

O episódio envolvendo a troca de comando da Espanha tão perto do começo da Copa não deve, segundo Xavi, afetar o rendimento da equipe e pode até fortalecer os jogadores. "Sendo otimista, acho que vai uni-los um pouco mais. Não tem menos favoritismo que antes, pelo contrário, pode torná-los mais forte", analisou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.