Divulgação/Red Bull Brasil
Divulgação/Red Bull Brasil

XV de Piracicaba marca nos acréscimos e vence a 1ª no Paulistão

Clube piracicabano derrota o Red Bull Brasil pelo placar de 3 a 2, em partida realizada no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Estadão Conteúdo

18 de fevereiro de 2015 | 22h08

Com um gol no minuto final da partida, o XV de Piracicaba conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Paulista. Na noite desta quarta-feira, o clube piracicabano derrotou o Red Bull Brasil pelo placar de 3 a 2, em partida realizada no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 5ª rodada. Rodrigo foi quem fez o gol da vitória, após o time ficar duas vezes à frente no placar e ceder empate ao adversário.

O resultado fez o XV de Piracicaba subir na tabela de classificação. Antes na zona de rebaixamento, o time figura entre os times classificados para a próxima fase, devido à fragilidade do Grupo D. É o atual segundo colocado, com três pontos. O líder é o Santos, com 11. O Red Bull Brasil, por sua vez, perdeu a chance de continuar decolando na competição. Com sua segunda derrota, ocupa a quarta posição do forte Grupo A, com sete pontos, a quatro do vice-líder Mogi Mirim.

O jogo começou quente. Precisando da vitória para seguir na briga pela classificação, o Red Bull Brasil partiu para cima e perdeu grandes chances de abrir o marcador logo no início do jogo, com Jocinei e Lulinha. O goleiro Ramon vinha fazendo uma boa partida e empurrou o XV em busca do primeiro gol. Aos 13 minutos, Tony achou Paulinho dentro da área. O meia dominou e mandou para o fundo das redes. Após o gol, o clube piracicabano esboçou uma pressão. Roni teve a chance de ampliar, mas cabeceou nas mãos de Juninho.

Nos primeiros minutos, o Red Bull Brasil sentiu o gol, porém, voltou a crescer e igualou o marcador. Aos 33 minutos, Raul foi travado, a bola bateu na defesa do XV e sobrou para Edmilson. O atacante tocou por cima de Ramon e completou para as redes. O time mandante ainda poderia ter feito o segundo gol. Aos 42, Jonas cruzou na cabeça de Edmilson, que testou na trave.

O Red Bull Brasil voltou para o segundo tempo recuado e cedeu espaço ao XV, que foi crescendo na partida e voltou a ficar à frente no placar aos 14 minutos. Chico, que até então estava apagado, aproveitou falha defensiva adversária e, dentro da área, chutou sem chances para Juninho.

O gol acordou o mandante, que voltou a sair ao ataque e comandar em campo. Em cima do XV, o empate foi questão de tempo. Aos 20, Jocinei cobrou escanteio, a bola chegou até William Magrão, que disputou no alto com o goleiro Renan. Na sobra, Lulinha chutou para deixar tudo igual novamente. Aos 47, porém, o zagueiro Rodrigo comprovou ser artilheiro e fez de cabeça o gol que deu a primeira vitória ao time piracicabano.

Na próxima rodada, o Red Bull Brasil enfrenta o São Bento no sábado, às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o XV de Piracicaba volta a campo contra o Linense no mesmo dia e horário, no Estádio Gilbertão, em Lins.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 2 x 3 XV DE PIRACICABA

RED BULL BRASIL - Juninho; Jonas, William Magrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade, Jocinei (Isac) e Lulinha (Allan Dias); Edmilson, Wilson Júnior (Gustavo Scarpa) e Raul.

Técnico: Maurício Barbieri.

XV DE PIRACICABA - Ramon Azevedo; Éder Sciola, Leonardo Luiz, Rodrigo e Fernandes; Clayton, Tony, Paulinho, Chico (Diego Silva) e Bruninho (Henrique); Roni (Daniel Bueno).

Técnico: Roque Júnior.

GOLS - Paulinho, aos 13 e Edmilson, aos 33 minutos do primeiro tempo. Chico, aos 14, Lulinha, aos 20, e Rodrigo, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Clayton e Paulinho (XV de Piracicaba).

ÁRBITRO - Marcelo Rogério.

RENDA - R$ 8.355,00.

PÚBLICO - 952 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.