Paulo Fernandes/ Vasco
Paulo Fernandes/ Vasco

Yago Pikachu pede tranquilidade para o Vasco superar má fase e desfalques

'Vitória virá naturalmente', diz lateral alvinegro

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2016 | 14h11

A liderança na Série B do Campeonato Brasileiro ainda não está ameaçada, mas a sequência de quatro jogos sem vitórias, sendo três delas pela divisão de acesso, preocupa e provoca questionamentos em relação ao clube carioca. O lateral Yago Pikachu reconhece que o momento da equipe não é favorável, mas prega calma para o time voltar a triunfar já nesta terça-feira, no duelo com o Vila Nova, em São Januário.

"É verdade que a vitória não veio nos três últimos jogos, mas fizemos por merecer o resultado positivo em duas dessas partidas. Contra o Ceará, realmente não fomos bem. Nos jogos contra o Sampaio e o Tupi fomos superiores, criamos chances, não aproveitamos e acabamos sofrendo o empate em lances isolados. O momento pede tranquilidade, a vitória virá naturalmente. Buscaremos vencer para aumentar a invencibilidade dentro do Brasileiro e deixar o acesso mais próximo", afirmou.

A missão do Vasco não será fácil, especialmente em razão dos vários desfalques. O meia Andrezinho está suspenso, o goleiro Martin Silva foi convocado para defender o Uruguai, o atacante Caio Monteiro se apresentou à seleção brasileira sub-20 e o volante Marcelo Mattos está machucado. Já o meia Nenê segue realizando trabalhos específicos para melhorar o condicionamento físico e também não tem presença confirmada.

"Todos são jogadores fundamentais para o nosso time, mas já mostramos ao longo da temporada que o nosso grupo é qualificado. Em outros momentos, com a ausência deles, conseguimos vitórias importantes. Tenho certeza que dessa vez não será diferente. Vamos entrar em campo concentrados e focados na conquista da vitória. Precisamos dela para abrir mais vantagem em relação ao segundo colocado. Jogaremos em São Januário, então contamos com o apoio da torcida para fazer um grande jogo e conquistar mais três pontos", declarou Pikachu.

Adversário do Vasco, o Vila Nova faz campanha ruim na Série B, tanto que ocupa apenas a 13ª posição, com 26 pontos, apenas cinco acima da zona de rebaixamento. Nem por isso, Andrezinho acredita que o compromisso será fácil para o seu time, ainda mais que o seu adversário deverá atuar retrancado em São Januário.

"Sabemos que o Vila Nova jogará fechado, buscando encaixar um contra-ataque ou se aproveitar de uma bola parada. O fato deles estarem lá embaixo não traz nenhum tipo de facilidade, muito pelo contrário, torna o jogo mais difícil, pois vão querer vencer para sair o quanto antes dessa situação. Estaremos em casa e precisaremos impor nosso ritmo de jogo para sair com a vitória. Em relação ao meu momento, estou dando o máximo para me firmar dentro do time. O importante é que o Vasco está bem servido na posição", disse.

Mais conteúdo sobre:
serie bVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.