Mailson Santana/FFC
Mailson Santana/FFC

Yony mostra alívio com vitória do Flu e revela contato do Benfica

Atacante foi decisivo e garantiu os três pontos contra o CSA em Maceió

Redação, Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2019 | 23h02

Autor do gol que tirou o Fluminense da zona de rebaixamento na vitória por 1 a 0 para sobre o CSA, em Maceió, Yony González se mostrou aliviado com o resultado conquistado nesta segunda-feira, no encerramento da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o time carioca empurrou o Cruzeiro para o descenso.

"Muito feliz por marcar. Estava precisando. O mais importante é que conseguimos os três pontos. O time precisava de uma vitória. Estamos em uma situação muito difícil no campeonato, mas não deixamos nunca de acreditar. Estamos trabalhando muito para tirar o Fluminense da zona de rebaixamento", afirmou o atacante.

Ele ainda falou sobre o Palmeiras, próximo adversário do Fluminense no Campeonato Brasileiro. O duelo será nesta quinta-feira, às 19h30, no Maracanã. "Estou totalmente focado no Fluminense. Temos um jogo difícil contra o Palmeiras. Precisamos fazer um grande trabalho para conquistarmos nova vitória", completou

O Fluminense ganhou duas posições com a vitória diante do CSA. Agora ocupa a 15ª colocação, com 38 pontos, dois a mais do que o Cruzeiro, que passou a abrir a zona de rebaixamento.

Perguntando sobre o seu futuro no Fluminense, Yony revelou estar conversando com o Benfica e despistou sobre permanecer no futebol brasileiro. "Conversei com a diretoria e deixei nas mãos dos meus empresários. O Benfica também consultou o Fluminense. Mas quero deixar claro que estou focado em fazer o meu melhor aqui. Tentando marcar gols para tirar o time dessa situação", finalizou.

O contato do Benfica realmente era da ciência da diretoria. O presidente Mário Bittencourt já havia falado da situação. "Ele é um jogador de um profissionalismo muito legal. Tem o contrato encerrando, há especulações, mas continua com muito profissionalismo. É de poucas palavras, é mais fechado, mas muito sério. Joga pelo amor à profissão. Se dedica muito, como todos. E é muito transparente. Houve uma manifestação do Benfica, que nos mandou uma carta, mesmo não precisando, para dizer que iniciou uma conversa. Eu mostrei a carta a ele e ele confirmou que está conversando, mas não assinou. Ele não me falou da proposta, mas disse que está aberto para conversar. Não há 100% de definição", disse, anteriormente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.