Zaccheroni assume a Inter em crise

Alberto Zaccheroni quer que torcedores da Internazionale esqueçam do passado recente. O sucessor de Héctor Cúper, demitido no domingo, assumiu oficialmente nesta quarta-feira com discurso convencional. Em sua avaliação, o time é bom, mas precisa reconquistar confiança."Quero transmitir entusiasmo ao time", afirmou Zaccheroni, 50 anos e que tem no currículo passagem por Lazio e Milan. "Acompanhei jogos da Inter e posso garantir que se trata de um elenco de ótimo nível", elogiou. "Só não quero falar do passado e preocupação é dar logo meu padrão de jogo ao time."Zaccheroni foi chamado em um momento delicado da Inter. O time faz campanha discreta no Campeonato Italiano e no sábado empatou com o Brescia por 2 a 2, depois de estar em desvantagem de 2 a 0. O presidente Massimo Moratti decidiu, então, dispensar Cúper, depois de três anos no clube. Na terça, a equipe perdeu por 3 a 0 para o Lokomotiv, em Moscou, e domingo tem clássico com a Roma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.