Zagallo não quer corpo mole no Fla

O técnico Zagallo exige o maior empenho possível do Flamengo para tentar vencer o fraco Volta Redonda, às 18 horas deste domingo, no Maracanã, pela segunda rodada do returno do Campeonato Carioca. O treinador deixou claro nos últimos dias que seu maior temor é com um eventual relaxamento da equipe tal o desnível técnico entre as duas equipes. "Nessas horas é que não podemos dar asas ao azar", declarou Zagallo.Ele deve chegar ao Maracanã mais cedo para assistir ao primeiro jogo da rodada dupla, entre Fluminense e Madureira. Zagallo quer seu time bem ofensivo e buscando o gol desde o início da partida. De preferência, frisou o técnico, sem esmorecer após abrir vantagem considerável. "Mas isso só será alcançado se houver aplicação e respeito ao adversário", comentou.Zagallo espera pela recuperação de Petkovic, que sofreu um acidente doméstico na sexta-feira, e cortou o pé esquerdo. Gamarra, Jorginho e Maurinho podem retornar à equipe. Eles treinaram com desembaraço no último coletivo da semana. Apesar do desgaste pela viagem ao Piauí, para jogo com o River, pela Copa do Brasil, Zagallo não admite poupar titulares. "As duas competições são importantes; não existe essa de privilegiar uma e deixar a outra de lado".O atacante Reinaldo, muito criticado por suas últimas atuações e ausente do jogo com o River, foi confirmado no time, após uma longa conversa com Zagallo. A diretoria do Flamengo recebeu proposta do Corinthians para vender o passe do atleta, mas o negócio não vingou. Se Reinaldo tivesse atuado contra o River, não poderia jogar a Copa do Brasil pelo Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.