Zagallo sofre interrogatório nos EUA

O coordenador-técnico Zagallo enfrentou uma situação desagradável durante a passagem da seleção brasileira pelo aeroporto de Los Angeles - a delegação fez escala na cidade para a viagem ao México, onde disputa amistoso na quarta-feira. Como o seu visto de entrada nos Estados Unidos tinha sido emitido na embaixada do país na Arábia Saudita (da época em que ele trabalhou por lá), Zagallo foi interrogado por cerca de 1 hora pelo serviço de imigração dos EUA, preocupado com a ameaça de terrorismo por causa do conflitos no Golfo Pérsico.Por conta do interrogatório, que não teve maiores conseqüências, Zagallo ficou isolado do resto da delegação durante o período que a seleção brasileira esteve no aeroporto de Los Angeles. Mas, liberado pelo serviço de imigração, o coordenador-técnico pôde seguir normalmente com o grupo para o México. O único porém foram as piadas que teve de ouvir do resto da equipe por causa do ocorrido.A seleção brasileira fará apenas um treino antes do amistoso desta quarta-feira, em Guadalajara. Será na terça-feira, às 19 horas (horário de Brasília), no estádio Jalisco, o local do jogo com os mexicanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.