Zago vê Inter em crescimento e exibe preocupação com D'Alessandro para quarta

Meia argentino pode não atuar no duelo de ida contra o Corinthians, pela Copa do Brasil

Estadao Conteudo

10 de abril de 2017 | 09h22

A fase de instabilidade de um time abalado pelo rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro no fim de 2016 ficou para trás. Ao menos foi essa a avaliação do técnico Antônio Carlos Zago após a classificação do time às semifinais do Campeonato Gaúcho com duas vitórias sobre o Cruzeiro, a últimas delas no domingo, em Gravataí, por 2 a 0.

"Tínhamos que encontrar uma forma de atuar. Encontramos um equilíbrio dentro das partidas", afirmou Zago, também destacando que o time controlou os jogos das quartas de final, ao contrário do que ocorreu no duelo pela rodada final da primeira fase do Campeonato Gaúcho, quando foi batido por 2 a 1.

"Jogamos contra uma equipe bem organizada. Tínhamos sofrido na última rodada da primeira fase. Hoje (domingo) aproveitamos as chances que criamos no primeiro tempo e controlamos mais o jogo. O Cruzeiro não criou oportunidades", acrescentou o treinador do Inter.

Após passar pelo Cruzeiro no Gaúcho, o Inter terá novas decisões pela frente, como lembrou Zago. Na próxima quarta-feira, o time vai receber o Corinthians para o jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Já no sábado, também no seu estádio, o time abrirá as semifinais do Estadual diante do Caxias. "Foi uma boa classificação. Agora teremos Corinthians e Caxias, sempre sonhando em seguir na Copa do Brasil e com a final do Gaúcho", disse.

Zago só exibiu preocupação com a condição de D'Alessandro, que desfalcou o time no domingo por estar com o tornozelo inchado e não tem presença garantida no duelo contra o Corinthians. "Depois do jogo, ele estava com o tornozelo inchado. Veremos para quarta. Outros jogadores estão sentindo. É uma maratona desgastante", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.