Reprodução Site Deportivo Cali
Reprodução Site Deportivo Cali

Zagueiro do Deportivo Cali é alvo de atentado a tiros após queda no Colombiano

Juan Sebastián Quintero foi abordado após sair do estádio, mas saiu ileso

Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2018 | 17h54

Um novo episódio de violência assolou o futebol colombiano na noite do último domingo. O zagueiro Juan Sebastián Quintero, do Deportivo Cali, foi alvo de um atentado a tiros horas depois da vitória de sua equipe sobre o Deportivo Pasto, em casa, que não impediu a eliminação ainda na primeira fase do Campeonato Nacional.

De acordo com a polícia local, Quintero havia acabado de deixar o estádio do clube com seu irmão mais novo quando foi abordado pelos criminosos, que dispararam seis vezes contra o carro. Tanto o zagueiro quanto seu irmão saíram ilesos.

"A Associação Deportivo Cali lamenta profundamente o ato violento contra nosso jogador Juan Sebastián Quintero, que, horas depois da partida contra o Deportivo Pasto, ao sul da cidade, teve o veículo atacado por arma de fogo, quando se dirigia à sua residência", confirmou o clube nesta segunda-feira.

O pai do jogador, Diego Quintero, garantiu que o ataque foi feito por torcedores uniformizados do Deportivo Cali, que estariam revoltados com a eliminação do clube no Colombiano. Ele pediu proteção ao filho e afirmou que outros dois jogadores do elenco, Nicolás Benedetti e Jeison Angulo, já teriam sido ameaçados por torcedores.

"A polícia se colocou a par da situação e, depois de revisar o carro do Juan, disseram-lhe que ele havia sido salvo por um milagre. O futebol não pode chegar a estes extremos", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.