Zagueiro do São Paulo deixa interesse do Milan de lado

Miranda diz que não teve contato do clube italiano e pensa somente na recuperação do time no Brasileirão

Redação,

29 de maio de 2008 | 12h32

Fora da Libertadores e com a cabeça apenas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo trabalha para recuperar o tempo perdido na competição nacional. O foco, às vezes, é atrapalhado por assuntos externos. Desta vez, a possibilidade do zagueiro Miranda - que tem contrato até o final de 2011 - ser negociado com o Milan. Tranqüilo, Miranda participou normalmente do treino do São Paulo, nesta quinta-feira, no CCT da Barra Funda, e comentou sobre o possível interesse do clube italiano em seu futebol. "Não é muito significativo [o interesse do Milan] quando você sabe disso apenas através de jornais, como eu. Quando um diretoria me procurar para conversar, aí eu pensarei sobre o assunto", disse o zagueiro.Focado na recuperação do São Paulo no Brasileirão - equipe possui apenas dois pontos em três jogos -, Miranda cobra trabalho do grupo e promete empenho máximo. "O importante é manter o foco no Campeonato Brasileiro. Eu não gosto de pensar sobre negociações. Eu fico fora disso. Minha intenção é apenas defender o São Paulo."Apesar do comprometimento com o São Paulo, Miranda deixou escapar que está pronto para retornar à Europa e, dessa vez, ficar no velho continente, já que teve uma passagem no Sochaux, da França, entre os anos de 2005 e 2006. "Estou mais preparado e experiente pela passagem que tive pela Europa. Eu certamente teria mais facilidade para me adaptar. Além disso, eu acho que fico mais perto da seleção [brasileira]."LIBERADODepois de passar os três últimos dias se recuperando de uma lesão no tornozelo esquerdo, o volante Hernanes foi liberado e treinou normalmente com o restante do elenco são-paulino, nesta quinta-feira, e tem presença garantida para o clássico diante do Santos, neste domingo, na Vila Belmiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.