Zagueiro Dória e atacante Henrique quase brigam em treino do Botafogo

Jogadores se estranharam e precisaram ser contidos pelo auxiliar técnico do clube

Agência Estado,

08 de fevereiro de 2013 | 19h00

RIO - Apesar da tranquilidade no elenco depois da vitória de virada sobre o Resende, na última quinta-feira, por 4 a 2, dois jogadores do Botafogo se estranharam nesta sexta durante o treino, na reapresentação do grupo. O zagueiro Dória e o atacante Henrique chegaram a se encarar e o auxiliar técnico Luiz Alberto precisou separar os dois.

O lance aconteceu depois de uma disputa de bola; Dória reclamou com Henrique e os dois se encararam. O técnico Oswaldo de Oliveira não viu nada porque estava no campo anexo. No intervalo da atividade, os dois conversaram e Dória reclamou: "Você foi que nem maluco". Depois da conversa, o treino continuou. Os titulares na vitória de quinta fizeram treino regenerativo na academia.

Depois de mais uma boa atuação de Seedorf, Oswaldo de Oliveira elogiou o holandês. "É uma recorrência prazerosa falar das boas apresentações dele. Gostei muito dele no jogo. Pena que não temos dois dele. Colocaria um na frente, com a camisa 10, e um mais atrás, com a 5 ou com a 8", disse o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogotreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.