Zagueiro Gustavo, do Flamengo, se diz envergonhado por agressão a Liedson

Jogador, que pode ser suspenso pelo lance, disse já aprendeu a lição: 'Não sou assim'

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2011 | 19h32

O zagueiro Gustavo foi um dos personagens da derrota do Flamengo para o Corinthians, na quinta-feira passada. O defensor rubro-negro foi flagrado pelas câmaras de televisão agredindo Liedson com um soco na região do estômago e pode receber uma longa suspensão do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Quatro dias depois, o jogador se diz arrependido.

"Fiquei envergonhado com a situação toda. Não sou assim e já aprendi com a lição. Ele estava falando besteiras para mim, é um companheiro de profissão, um bom jogador", disse Gustavo.

O Flamengo, que, já no dia seguinte à agressão, divulgou nota anunciando que puniria seu jogador e que a atitude não era condizente com a tradição do clube, agora trabalha para melhorar a imagem de Gustavo. Nesta segunda-feira, publicou em seu site oficial um perfil do jogador. "Ele é forte e tem cara de malvado, mas quem o conhece se encanta por sua humildade, seu jeito sereno e por estar sempre com um sorriso no rosto", diz o texto.

De acordo com o clube, Gustavo ficou "muito chateado" ao rever as imagens na televisão e pediu desculpas aos seus amigos e familiares.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.