Arquivo/Reuters
Arquivo/Reuters

Zagueiro Pepe, do Real Madrid, pega dez jogos de suspensão

Jogador foi punido por agredir os adversários, na vitória do seu time sobre o Getafe, pelo Campeonato Espanhol

AE-AP, Agencia Estado

24 de abril de 2009 | 14h06

O descontrole do zagueiro Pepe, do Real Madrid, custou caro ao jogador. O brasileiro, naturalizado português, foi punido nesta sexta-feira, 24, com dez jogos de suspensão pela expulsão na vitória do seu time sobre o Getafe, pelo Campeonato Espanhol.

Veja também:

link Real consegue virada e mantém perseguição ao Barcelona

tabela Classificação / Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Como faltam apenas seis partidas para o fim da competição, ele não joga mais na atual temporada, e ainda cumprirá o resto da pena na próxima edição do campeonato, a partir de agosto.

 

Além de cometer um pênalti bobo sobre o meia Casquero, do Getafe, nos minutos finais da partida dessa terça, o zagueiro por duas vezes chutou o adversário quando ele já estava no chão. Não contente, ainda trocou socos com o uruguaio Albín e insultou os árbitros.

 

No fim, Casquero erraria o pênalti, defendido por Casillas, e o Real ainda venceria o jogo por 3 a 2, mantendo-se pela sexta rodada seguida a seis pontos do Barcelona, líder do Espanhol. O lateral Marcelo, que provocou os jogadores do Getafe com gestos obscenos após o apito final, não foi punido.

 

A demonstração de arrependimento pela lambança não sensibilizou os dirigentes do Real Madrid. Pepe deverá receber uma multa do clube, além de não atuar mais nesta temporada.

 

A punição de dez jogos é a maior jamais aplicada a um jogador do Real Madrid na história do Campeonato Espanhol. A direção do clube diz que vai recorrer da pena. Pepe, que tem 26 anos e joga pela seleção portuguesa, está no Real desde 2007.

.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.