Zagueiro projeta vitória para evitar crise no Botafogo

Depois do empate com o Avaí em casa, na quarta-feira, o zagueiro Antônio Carlos revelou preocupação com a situação do Botafogo, também ameaçado na Taça Rio. Para evitar uma crise, o jogador projeta uma vitória sobre o América-RJ no domingo, ainda que o time dependa de uma "ajuda" do Vasco para conseguir chegar às semifinais do segundo turno do Carioca. O rival duelará com o Olaria, vice-líder do Grupo B.

AE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 17h47

"Mesmo que não dependa só de nós, queremos vencer o América a qualquer custo. Não vamos para as semifinais se não fizermos a nossa parte. Estamos com a cabeça no América. Ninguém quer jogar sob pressão ou vaias. Espero que o Vasco também vença e que a gente avance", declarou o defensor nesta quinta, um dia depois do 2 a 2 com o Avaí, no Engenhão.

"Só se melhora o ambiente ganhando. Já estamos saturados de crise, cansados, até quando ganhamos às vezes temos problemas", desabafou Antônio Carlos, confiante em superar este início de crise. "No ano passado, vivemos momentos piores que esse. E demos a volta por cima. Espero que possa fazer um recomeço. Um período de reconstrução", completou.

Na Copa do Brasil, o Botafogo precisa vencer o Avaí em Florianópolis, na próxima quarta-feira, para avançar às quartas de final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoAntônio Carlos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.