Zagueiro quer México ofensivo contra Argentina

O México deve voltar a adotar um estilo ofensivo se quiser vencer a Argentina nas oitavas de final da Copa do Mundo, segundo o zagueiro Héctor Moreno. Os mexicanos tiveram uma atuação pobre na derrota por 1 a 0 para o Uruguai, na terça-feira, e agora vão ter que enfrentar os argentinos, que estão com 100% de aproveitamento.

AE-AP, Agência Estado

23 de junho de 2010 | 10h11

"Sempre uma derrota fere o orgulho, mas nos fará voltar ao básico, ao que vinha fazendo a equipe, que cumpriu a meta que era classificar", disse Moreno. "Nós sabíamos que tínhamos que nos superar para vencer qualquer rival e agora temos o melhor rival que há".

Moreno crê que contra o Uruguai o México perdeu a força ofensiva que mostrou nos primeiros jogos e, por isso, criou apenas três chances claras de gol. A seleção mexicana foi bem na sua estreia, com um futebol muito ofensivo, mas teve que arrancar um empate com a África do Sul. Depois, teve uma exibição sólida contra a França, mas decepcionou diante do Uruguai.

"Nós gostaríamos de ficar com o a cara da [do jogo com a] França, é o que a seleção pode dar em um bom dia, quando faz um bom futebol. Temos que melhorar, eu gostaria de jogar como contra a França ou a África do Sul, porque no jogo de ontem não fomos muito bem".

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolMéxicoHector Moreno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.