Amr Andallah Dalsh/Reuters
Amr Andallah Dalsh/Reuters

Zâmbia vence Costa do Marfim nos pênaltis e é campeã da Copa Africana

Equipe surpreendeu em decisão emocionante e faturou título pela primeira vez na história

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2012 | 20h48

LIBREVILLE - A Zâmbia conquistou neste domingo o inédito título da Copa Africana de Nações. Para ser campeã continental pela primeira vez na história, conseguiu uma surpreendente vitória sobre a favorita Costa do Marfim nos pênaltis, por 8 a 7, depois do empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, na final disputada em Libreville, no Gabão.

Antes de chegar ao seu primeiro título, Zâmbia tinha disputado a final da Copa Africana duas vezes na história - perdeu para o Zaire em 1974 e para a Nigéria em 1994. E precisou desbancar o favoritismo da poderosa Costa do Marfim para ser campeã neste domingo, após levar a melhor numa decisão emocionante, que só foi definida nos pênaltis.

Com astros internacionais como Drogba, Yayá Touré e Gervinho, entre outros, Costa do Marfim tinha feito uma campanha perfeita até a decisão, com cinco vitórias em cinco jogos e nenhum gol sofrido. Mas a Zâmbia, que tem 18 de seus 23 jogadores atuando no continente africano, surpreendeu mais uma vez, depois de ter batido Senegal e Gana anteriormente.

Na final deste domingo, a Costa do Marfim teve a chance da vitória aos 25 minutos da segunda etapa, mas o atacante e capitão Drogba desperdiçou a cobrança de pênalti. Com o 0 a 0 no tempo normal, a decisão foi para a prorrogação, quando as duas seleções tiveram ótimas oportunidades para marcar. Todas, porém, foram sem sucesso.

Assim, a decisão foi para os pênaltis. As duas seleções converteram as sete primeiras cobranças. Aí, duas das maiores estrelas da Costa do Marfim falharam. Kolo Touré desperdiçou sua chance, mas Kalaba também errou na sequência. Depois, foi a vez do marfinense Gervinho chutar para fora. E Sunzu marcou, definindo o título de Zâmbia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Africana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.