Zé Augusto reclama dos erros de passes do Corinthians no PR

Para o técnico corintiano, esse foi o pior pecado de sua equipe na derrota para o Paraná Clube

Evandro Fadel, Estadão

09 de setembro de 2007 | 21h45

O maior lamento do técnico Zé Augusto e dos jogadores do Corinthians, ao término do jogo deste domingo, em que o time perdeu para o Paraná Clube, por 1 a 0, foi o erro de passes. "Esperamos que contra o Botafogo (quarta-feira, pela Sul-Americana, e domingo, pelo Brasileiro) a equipe se porte melhor e erre menos passes", disse o técnico. "Hoje (domingo), nos mostramos velocidade no segundo tempo, mas faltou criatividade."Em razão de vôo, o técnico foi o único a dar entrevista no vestiário do Corinthians. Segundo ele, o time foi orientado que enfrentaria um time disposto a sair da zona de rebaixamento e que vinha de um resultado desfavorável - 4 a 2 para o Náutico, em Curitiba. "Mas tomamos aquele gol de pênalti e desequilibrou um pouco", lamentou. "Se não fosse isso, acho que seria 0 a 0."Zé Augusto disse que, apesar do tempo curto, vai aproveitar os treinos para dar mais conjunto a sua equipe. "Hoje não rendemos o mesmo que na última partida."Na saída de campo, logo após o término do jogo, o atacante Clodoaldo também reclamou dos erros de passe. "Aí temos que correr muito e cansamos mais", disse. "Mas nosso pensamento é sempre vencer e trabalhamos para que aconteça já contra o Botafogo."Já o lateral Gustavo Nery afirmou que faltou criatividade. "O Paraná se defendeu muito bem e não conseguimos entrar", salientou. O goleiro Felipe preferiu elogiar o adversário. "O Paraná jogou melhor, procurou o gol mais que a gente e mereceu ganhar", afirmou. "Nós não tivemos chances claras de gol."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.